Mulher fica sem batimentos cardíacos por 28 minutos e sobrevive: “Prova de ressurreição”

Mulher fica sem batimentos cardíacos por 28 minutos e sobrevive: “Prova de ressurreição”

Em uma tarde quente de verão no Texas, Estados Unidos, o cristão Gerald Gustin recebeu uma mensagem incomum de sua esposa Kim. “Não gosto do jeito que me sinto, vou para casa”, escreveu ela.

Gerald se preocupou com sua demora em chegar em casa e ligou para ela. Depois de várias tentativas de contato, enfim uma pessoa atendeu seu celular. “Sua esposa sofreu um acidente. Agora a RCP está sendo administrada a ela”, disse uma enfermeira que parou para prestar socorro.

Gerald permaneceu ao telefone, enquanto ela e um policial realizavam a reanimação cardiorrespiratória em sua esposa. “Senhor, deixe-me chegar até ela. Deixe-me chegar até ela. Deixe-me vê-la. Não deixe isso acontecer”, clamou o marido.

Kim foi levada para o hospital e sobreviveu a uma parada cardíaca de cerca de 28 minutos. Ela foi entubada em estado grave. “Seu corpo, seu fígado e seus órgãos estão desligando”, informou o médico à Gerald. “Uma coisa que precisamos fazer é controlar o sangramento nos pulmões dela. Não temos certeza de que ela vai sobreviver à noite”.

Neste momento, familiares e amigos se uniram ao esposo para interceder pela vida de Kim. “Lembro-me de dizer: 'Sua Palavra diz em 2 Coríntios que sua graça é suficiente e que seu poder se aperfeiçoa em nossa fraqueza. 'Estou implorando por um milagre'”, contou Gerald.

Kim sobreviveu naquela noite, mas ainda estava em estado crítico. Nos dias seguintes, enquanto Gerald orava, o Senhor falou com ele: “Estou fazendo um milagre. Estou respondendo a sua oração”.

O cristão se apegou à promessa e confiou que Deus restauraria a saúde de sua esposa. “Se Ele me disser que é isso que vai acontecer, não importa o que o homem diga. Isso é o que vai acontecer. Você apenas se apega a isso”, declarou ele.

Mantendo a fé na promessa

O quadro de Kim começou a se estabilizar, porém uma ressonância mostrou que ela havia sofrido um derrame cerebral. “Ela teve um derrame no lado esquerdo do cérebro. Está espalhado para o lado direito. É muito provável que ela seja um vegetal'”, afirmou o médico.

Mesmo com previsões negativas, Gerald manteve a fé na promessa de Deus. Kim foi extubada para a equipe médica avaliar seu estado mental e no dia seguinte, acordou do coma, mas ainda não falava.

A família da cristã cria que ela estava a caminho da cura. “Eu e meu filho ficávamos em cima dela e ela seguia nossa voz e nosso rosto e pensávamos 'Isso é incrível’”, relatou Gerald.

Três semanas e meia após o acidente, desafiando a previsão médica de que ficaria em estado vegetal, Kim foi transferida para a reabilitação e após algumas semanas, recebeu alta e voltou restaurada para casa.

“Eu sou grata que eles foram capazes de ver Deus trabalhar e ver os milagres que muitas pessoas não conseguem ver”, declarou Kim.

Hoje, a família aproveita o tempo juntos e é grata ao Senhor pelo grande milagre recebido. “Kim é a prova viva de uma ressurreição. Nós vemos isso todos os dias. Ela vive um corpo ressuscitado”, testemunhou Gerald.

Fonte: Guiame com informações de CBN News

Postar um comentário

0 Comentários