Após 15 anos de dores, Joanne Moody foi curada ao ouvir a voz de Deus

Após 15 anos de dores, Joanne Moody foi curada ao ouvir a voz de Deus

Assim como a história bíblica da mulher do fluxo de sangue, Joanne Moody teve que aprender a conviver com dores constantes por mais de 15 anos, por causa de danos neurais. Ela foi curada depois de uma experiência com Deus e se tornou um testemunho vivo de que Ele ainda cura — e deseja fazer isso através de pessoas.

“A cura física só veio quando a pessoa que orou por mim me conduziu primeiro pela cura emocional”, disse Joanne Moody em entrevista ao Guiame durante visita ao Brasil, onde participou da conferência Voz dos Apóstolos.

Filha de militar, Joanne cresceu em uma família que valoriza o bom desempenho, a independência e a força. “Mas quando comecei a sofrer com uma dor, comecei a acreditar que talvez Deus tinha se esquecido de mim ou me abandonado”, lembra. “Eu acreditava em tantas coisas sobre Deus que não eram verdade.”

Os meses se transformaram em anos de dor, mas os médicos não conseguiram descobrir a causa. Depois de 3 anos e diversas cirurgias, nem mesmo os analgésicos conseguiam aliviar as dores de Joanne.

Ela passou até mesmo a acreditar que Deus estava produzindo aquela dor para gerar algo dentro dela. “Mas isso não se alinha com Deus como Abba, Pai. E assim acreditei na mentira por muito tempo”, disse.

Em 2004, especialistas descobriram que a dor de Joanne era provocada por nervos em sua pelve que foram esmagados anos antes, durante as 91 horas de trabalho de parto. No entanto, sem ainda encontrar a cura, seu estado de saúde continuou piorando. 

Até que em 2013, em Orlando (EUA), Joanne participou de uma conferência da Global Awakening, liderada pelo pastor Randy Clark.

Ela recebeu a oração de um homem chamado Richard, que revelou seu estado emocional doente, antes mesmo de interceder pela cura física. “Ele me ajudou a quebrar todas essas mentiras, que eu não sou digna, que Deus está bravo comigo, que Deus não quer me curar, que não sou confiável”, disse. “Quando quebrei essas mentiras, minhas emoções foram curadas.”

Joanne então entendeu um príncipio: “O inimigo vem para causar confusão e dúvida, ele só falou mentiras que eu concordei. E no minuto em que concordei com elas, ele teve poder nessa área”, disse. “Porque como cristão, você não pode ser possuído, você pode ser oprimido. E eu estava, mas eu nem sabia disso.”

“Lute por sua cura!”

Uma das experiências mais marcantes que Joanne teve nesse processo foi ouvir a voz audível de Deus, a incentivando a lutar por sua cura. Isso aconteceu quando ela estava prestes a enfrentar sua 14ª cirurgia.

“Eu disse ao Senhor: Eu não aguento mais!”, conta Joanne. Até que sua amiga lhe contou um sonho, no qual a via em um elevador. Mas em certo momento, no sonho, o prédio começou a cair sobre ela.

“Ela disse: Eu ouvi o Senhor bem alto, dizer: ‘Ela tem que lutar por isso! Ela tem que lutar por isso!’”, relembra.

Os dias se passaram e Joanne acabou se esquecendo do sonho. Até que ela se deparou com a mesma situação visualizada por sua amiga — ela estava no elevador do hospital e ouviu uma voz alta dizer: “Lute por sua cura!” 

“Quando minha amiga ouviu isso, ela conseguiu que todos os tipos de pessoas intercedessem por mim. E foi logo depois disso que ouvi a voz audível de Deus me dizendo para ir até a Voz dos Apóstolos. Nunca fiz aquela 14ª cirurgia”, testemunha.

Como evitar que a alma adoeça durante a espera?

Ao responder a pergunta, Joanne diz que soaria falso se ela oferecesse uma resposta simplória como: apenas leia a Bíblia. Ela aconselha a buscar versículos específicos que confrontam os pensamentos e mentiras que se passam na mente.

“Qual é a coisa que está me sobrecarregando tanto? Então não é só orar qualquer versículo, que não tenha a ver com sua questão pessoal”, orienta. “Veja em todos os lugares na Palavra de Deus onde diz que você é aceito, você é amado, você é o filho de Deus, você é a criação santa. Olhe para os versículos que vão acabar com a falsa mentira que diz para sua alma: ‘Deus rejeitou você’”.

De maneira mais prática, ela ensina a substituir mentiras na mente com a Palavra de Deus. “Mas tem que ser específico”, destaca. “Porque eu ouço as pessoas dando este conselho: ‘Você só tem que receber a palavra de Deus’. E sabe, tem gente sofrendo de esclerose múltipla há 30 anos ‘só recebendo a palavra de Deus’”.

Por isso, ela ensina que, ao ministrar cura, é preciso ir além da questão física, mas se oferecer como apoio emocional. “Não importa todo o treinamento, se a pessoa por quem você está orando não se sente amada, nós falhamos”, afirma.

Hoje Joanne Moody viaja pelo mundo fazendo o mesmo que o ministério Global Awakening — ministrando cura aos doentes. Ela é fundadora do Ministério Agape Freedom Fighters, que equipa igrejas a crescerem no entendimento e prática da cura, libertação e profecias. 

Fonte: Guiame 

Postar um comentário

0 Comentários