“Deus nos resgatou”, dizem pescadores depois que barco afundou em alto-mar

“Deus nos resgatou”, dizem pescadores depois que barco afundou em alto-mar

Cinco pescadores estavam a bordo do Crystal Eye — barco que afundou no último domingo (13) durante uma pescaria no Caribe. Conforme o Trinidad Tribune, ondas enormes colidiram com a traineira de 55 pés. 

Os pescadores James Kirwan, 59 (capitão), Jerônimo Nicome, 63, Kyle Dyer, 31, Azim Baksh, 35 e Keston Frederick, 36, atribuem suas vidas a Deus que os resgatou depois do incidente.

De acordo com o veículo de notícias Trinidad e Tobago Newsday, quando perceberam que estavam em perigo enviaram um pedido de socorro, mas o sinal não foi claro o suficiente para os socorristas encontrá-los. 

O barco afundou pouco depois da meia-noite, perto da costa do sudoeste de Tobago. Mesmo com a água extremamente fria, os pescadores colocaram seus coletes salva-vidas e pularam no mar.

“Saibam que Jesus me salvou”

Durante as horas que ficaram à deriva, os homens oravam pedindo a Deus para que ficassem vivos. 

Quando o navio de resgate conhecido por Siem Spierfish chegou, encontrou os pescadores bastante assustados. Já passava das duas horas da madrugada, quando eles foram puxados para dentro do navio e receberam os cuidados necessários.

“Graças a Deus, a Ele toda a honra, glória e louvor. Qualquer um que me ouvir agora, saibam que Jesus me salvou. Ninguém estava nos vendo, mas Ele nos viu”, disse Nicome. 

“As águas estavam muito agitadas, se não fosse por Deus não estaríamos vivos hoje”, também reconheceu Dyer. 

Nenhum pescador precisou ser hospitalizado

O presidente da Tobago Fisherfolk Association (ATFA), Cutis Douglas, explicou que as chamadas de emergência do Crystal Eye estavam “abafadas” e que era difícil entender o que eles estavam dizendo. 

“Não conseguimos obter as informações exatas porque nosso rádio não estava captando as mensagens dos pescadores", citou.

Os pescadores foram transportados para o porto de Scarborough, onde a equipe médica socorreu Frederick que estava com hipotermia. Todos ficaram bem e não precisaram ser hospitalizados. 

A Agência de Gerenciamento de Emergências de Tobago (TEMA, sigla em inglês) expressou sua gratidão, através do Facebook, à equipe das Bahamas e a todos os envolvidos no resgate dos pescadores.

Fonte: Guiame

Postar um comentário

0 Comentários