Com 0% de chance de vida, gêmeos com 22 semanas sobrevivem após oração da mãe

Com 0% de chance de vida, gêmeos com 22 semanas sobrevivem após oração da mãe

Os gêmeos Harley e Harry Crane nasceram com apenas 22 semanas e sobreviveram a uma chance de vida de 0%, em Nottingham, na Inglaterra. Os bebês que chegaram ao mundo do tamanho de uma barra de chocolate, estão sendo considerados um milagre na medicina e inspirando pessoas ao redor do mundo.

Primeiros filhos do casal Jade e Steve, os gêmeos nasceram em 26 de outubro, após os médicos informarem que a mãe estava sofrendo um aborto espontâneo e que os bebês não sobreviveriam.

Entretanto, Harley e Harry desafiaram as probabilidades negativas e nasceram com vida, após Jade pedir a Deus que salvasse seus filhos, durante o parto. “Tive uma sensação de paz e orei para que eles conseguissem, para que chorassem e mostrassem sinais de vida, o que eles fizeram”, disse a mãe à BBC.

Assim que a equipe médica ouviu o choro dos bebês na sala de parto, correram para atendê-los. “Quando Harley soltou o menor dos gritos, a sala ficou louca e de repente eles ofereceram tratamento para salvar vidas. Foi incrível ouvi-los chorar, embora eu ainda estivesse com medo”, lembrou Jade em entrevista ao Mirror.

Os gêmeos precisaram passar por cirurgias após o nascimento e ainda enfrentaram risco de morte, devido a uma doença gastrointestinal. Mas, surpreendendo mais uma vez, os irmãos sobreviveram, batendo o recorde de gêmeos mais novos nascidos no Reino Unido.

“Não se esperava que os gêmeos – nascidos pesando 500g e do tamanho de uma barra de chocolate – sobrevivessem”, afirmou o Hospital da Universidade de Nottingham na sua página no Facebook.

“Considerados os gêmeos prematuros sobreviventes mais jovens da Grã-Bretanha, Harley e Harry continuam a surpreender os médicos e enfermeiros do QMC à medida que vão de força em força”.

Os bebês estão se desenvolvendo muito bem e nesta quinta-feira (24) podem receber alta do hospital onde estão internados. 

“Estou tão orgulhosa dos meus bebês – eles são pequenos lutadores. Por tudo o que passaram e ainda estarem sorrindo é incrível. Se eles podem fazer isso, eles podem fazer qualquer coisa”, celebrou Jade, que junto com o esposo, passou 11 anos tentando engravidar.

O incrível testemunho milagroso de Harley e Harry ganhou destaque nas manchetes da imprensa, como um exemplo de que bebês podem sobreviver e se desenvolver no início da gravidez. O jornal Daily Mail observou que “bebês nascidos com 22 semanas não são classificados como legalmente viáveis ​​e a intervenção médica às vezes não é oferecida”. 

Na segunda-feira (22), o Supremo Tribunal da Colômbia legalizou o aborto até 24 semanas, negando o direito humano mais básico: o direito à vida. De acordo com a Sociedade Portuguesa de Pediatria, em gestações de 24 semanas (5 meses) cerca de 40% dos bebês prematuros sobrevivem.

Fonte: Guiame

Postar um comentário

0 Comentários