‘Deus estava do lado dela’, diz mãe de menina de 5 anos que sobreviveu a atropelamento

‘Deus estava do lado dela’, diz mãe de menina de 5 anos que sobreviveu a atropelamento

Maria Clara, de três anos, foi vítima de um grave atropelamento na porta de sua casa, em Santa Rita, na Grande João Pessoa. Após 23 dias internada, a menina recebeu alta do Hospital de Trauma na terça-feira (23), o que sua mãe chamou de “milagre”. 

Elen Raquel, mãe de Maria Clara, ficou emocionada ao ver a filha recuperada do acidente.

"É uma felicidade que não cabe no peito, eu não sei descrever a felicidade que eu estou. O estado que eu vi a minha filha no dia 31 e ver que ela saiu com vida e sem sequela do trauma, não sei nem como explicar", desabafou.

Raquel disse que achava que sua filha não sobreviveria, “mas Deus estava do lado dela e nunca saiu”.

De acordo com o médico Láercio, diretor do Hospital de Trauma, a recuperação da criança é fruto de um trabalho sequenciado. Ela ainda tem uma imobilização, mas sai da unidade hospitalar sem sequelas.

"Foram feitas múltiplas cirurgias em membro inferiores. Ela já está na fase de recuperação com fisioterapia. Essa criança sai daqui sem sequelas, graças a Deus", disse.

Na saída do Hospital de Trauma, Maria Clara, de lacinho e óculo, acenou para a reportagem de O povo na TV, da TV Tambaú.

O acidente

Câmeras de segurança flagraram o momento do acidente. As imagens mostram o motorista surgindo em alta velocidade e perdendo o controle do carro.

A criança estava na frente da residência acompanhada pelo pai e a avó. Uma motocicleta também foi arrastada pelo motorista.

De acordo com a delegada Karine Torres, da Polícia Civil, o motorista apresentava sinais de embriaguez. Segundo o exame etílico, os sintomas foram confirmados. Ainda de acordo com Karine, a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) está fora da validade. Solto, ele deve responder o processo em liberdade.

Fonte: Guiame

Postar um comentário

0 Comentários