Médica tem tendões do joelho religados após oração: “Fui vista pelo Senhor”

Médica tem tendões do joelho religados após oração: “Fui vista pelo Senhor”

Felisa Wilson é médica aposentada da Força Aérea dos Estados Unidos, mas entende que há limites para o que a medicina pode fazer. Ela experimentou isso em 2019, quando nenhum tratamento médico conseguia aliviar a dor intensa que ela sentia no joelho.

“Começou a inchar do nada. Inchou tanto que eu não conseguia dobrar o joelho, eu mancava e não conseguia subir as escadas”, disse ela ao 700 Club Interactive. “Eu não tive nenhum ferimento, não tive nenhum acidente; não havia nada que causasse o inchaço”.

Felisa consultou um ortopedista, que também não encontrou a causa do incômodo. Ele iniciou um tratamento com corticosteróides e drenou o fluido no joelho para diminuir o inchaço, mas nada adiantou. Os exames não apontavam nenhuma alteração na perna da médica.

“Tudo que eu tentava, não funcionava”, conta Felisa, que já estava se sentindo frustrada e conformada com a dor. “Eu orava pelo meu joelho, pedia a Deus para curar meu joelho, eu acreditava na cura e ela não acontecia... Simplesmente não acontecia”.

A dor e a agonia de Felisa só pioraram com o passar do tempo. Poucos meses depois, em junho, ela fez uma viagem ao Novo México para a graduação de uma amiga na residência médica. Chegando ao hotel exausta e com dores, Felisa ligou a televisão para passar o tempo, quando se deparou com o programa cristão do 700 Club, o que não via há anos.

No programa, Gordon Robertson estava orando e teve uma palavra de conhecimento: “Alguém está com os tendões fora do lugar no joelho esquerdo e Deus está os colocando de volta no lugar, levando todo aquele inchaço e toda aquela dor, todo aquele desconforto para longe de você agora. Em nome de Jesus, seja curado. Seja refeito!”, declarou Gordon.

No momento, Felisa achou que não era seu caso, pois os médicos nunca haviam diagnosticado um problema no tendão de seu joelho. Até que “logo após o fim do programa, meu joelho ficou muito quente”, relata.

“Meu joelho ficou muito quente a noite toda e percebi de manhã que o inchaço havia diminuído drasticamente”, continua Felisa. “Na hora da formatura, na noite seguinte, meu joelho estava completamente curado. O inchaço tinha diminuído, não sentia dor e o calor passou assim que o inchaço diminuiu. Eu pude usar salto alto na formatura e parabenizar minha amiga e ver sua família e outras pessoas que eu não via há anos.”

A médica conta que não teve “nenhum problema desde então.”

Logo depois que Felisa voltou para casa no Alasca, ela testemunhou a seus amigos sua cura milagrosa e seu coração agradecido a Deus. “Foi maravilhoso ser vista pelo Senhor daquela forma e ter aquela cura milagrosa. Eu me sinto como a menina dos olhos Dele”, afirma. “Eu sinto que sou tão abençoada! Sinto que tive uma vida ótima e que há muito mais por vir. Deus é amor e estou aqui para amar o povo Dele e fazer tudo o que puder para ajudá-los.”

Fonte: Guiame

Postar um comentário

0 Comentários