Jovem suicida é curada, após Deus falar com ela: 'Eu te amo e não te abandonei'

Jovem suicida é curada, após Deus falar com ela: 'Eu te amo e não te abandonei'

A jovem Arynn Andrews não imaginou que sua forma de “curtir a juventude” causaria graves danos a sua saúde mental. Aos 18 anos, ela começou a frequentar festas e a beber para se divertir.

“Eu apenas me divertia, pensando que eu poderia continuar fazendo isso e nunca me prejudicaria”, disse Arynn ao 700 Club Interactive.

Aos 19 anos, quando estava no segundo ano de uma faculdade cristã, Arynn já estava bebendo doses de tequila às 8h da manhã, em plena segunda-feira, não percebendo que havia se tornado alcoólatra. 

A “diversão” com o descontrole do álcool acabou evoluindo para um quadro de depressão e a estudante passou a buscar alívio na automutilação. “À medida que o alcoolismo progredia, o desejo de se machucar ficou muito mais forte. Eu senti que mesmo se Deus me amasse, ele não iria querer se associar a mim, pela maneira como eu acabei”, contou.

Os pensamentos suicidas acompanhavam a jovem todos os dias, até que certo dia, ela tentou se matar com uma navalha. Arynn foi encontrada desacordada por um amigo, que chamou uma ambulância para socorrê-la. 

A jovem precisou ser internada numa clínica psiquiátrica para tratar a depressão. Enquanto lutava com sua saúde mental, Aryann se sentia uma perdedora e se questionava como uma jovem com tanto talento e com um futuro brilhante havia acabado naquela situação. 

Recebendo uma mensagem de Deus

Porém, certo dia, tudo mudou. Após ganhar alta do hospital, Aryann fazia uma caminhada em um parque, quando um jovem cristão a abordou, dizendo que tinha uma mensagem de Deus para lhe entregar. Ele disse à estudante que o Senhor a amava e que não tinha lhe abandonado, e a aconselhou a começar a ler a Bíblia todos os dias.

“Lembro-me de sentir que isso significava que algo bom iria acontecer na minha vida. Não sei qual era o plano de Deus para mim, mas sei que seria melhor do que estar em uma instituição mental”, contou ela.

Então, retomando as esperanças, Aryann passou a ler um capítulo da Bíblia todos os dias e sua vida começou a ser transformada, embora ainda lutando contra a automutilação e a depressão. 

Com o tempo, a jovem se recuperou e recebeu Jesus como seu Salvador, passando a desfrutar de sua paz. 

“Percebi que minha fé não é algo que se  busca quando me sinto forte. É quando estou me sentindo fraca e vulnerável, é quando sinto que não aguento mais e sou apenas eu constantemente admitindo meu desespero por Jesus, porque não tenho mais nada em que confiar”, concluiu a jovem cristã.

Fonte: Guiame

Postar um comentário

0 Comentários