Manny Pacquiao se aposenta após 26 anos no boxe e exalta Deus: “Sem Ele, não sou nada”

Manny Pacquiao se aposenta após 26 anos no boxe e exalta Deus: “Sem Ele, não sou nada”

O boxeador filipino e senador Manny Pacquiao anunciou sua aposentadoria do boxe na terça-feira (28), em um vídeo publicado nas redes sociais. Nas imagens, o lutador de 42 anos destacou sua gratidão a Deus e lembrou que sua carreira no boxe não seria possível sem o Senhor.

Pacquiao, que se tornou atleta profissional em 1995, é considerado um dos maiores boxeadores de todos os tempos. Ele é o único boxeador da história a ganhar 12 títulos mundiais em oito categorias de peso diferentes. 

Pacquiao também é o lutador mais velho a conquistar um título mundial, aos 40 anos, e o único boxeador a deter títulos mundiais em quatro décadas diferentes (1990, 2000, 2010 e 2020).

Ele encerra sua carreira de boxe após 26 anos, 72 lutas — com 62 vitórias, 8 derrotas e 2 empates. 

“Deus é bom o tempo todo. Dou toda a glória a Deus. Sempre acreditei que em Deus tudo é possível”, proclamou Pacquiao no vídeo. “Sem Ele, não sou nada. Foi Ele quem me deu a capacidade de treinar e realizar todas essas coisas. O Senhor me deu muitas bênçãos.”

Pacquiao agradeceu aos fãs por seu apoio e orações e também à sua família, por seu “amor incondicional”. “Vocês são uma das minhas inspirações para manter o foco e permanecer firme na fé”, disse ele à família.

Em outra postagem no Instagram, em 25 de agosto, Pacquiao também expressou sua gratidão a Deus: “Cheguei a este ponto em minha carreira pela graça de Deus”, escreveu. “Foi Ele quem me deu forças para lutar. Posso olhar para trás e dizer honestamente que dei o meu melhor”.

Além do boxe, Pacquiao também se envolveu na carreira política, tornando-se membro da Câmara dos Representantes das Filipinas em 2010. Em 2016, o boxeador concorreu ao Senado das Filipinas e venceu. No início deste mês, Pacquiao anunciou sua intenção de concorrer às eleições presidenciais de 2022 nas Filipinas. 

“A hora é agora — estamos prontos para enfrentar o desafio da liderança”, disse Pacquiao na ocasião.

Fonte: Guiame

Postar um comentário

0 Comentários