Jovem supera suicídio do pai, após sobreviver a acidente de carro: “Deus se revelou a mim”

Jovem supera suicídio do pai, após sobreviver a acidente de carro: “Deus se revelou a mim”

Mary Isom, uma jovem cristã e estrela do futebol americano, amava muito seu pai, apesar dele manter um relacionamento não saudável com a filha. Toda vez que Mary desagradava as expectativas perfeccionistas do pai, ele a castigava com tratamento de silêncio.

O comportamento tóxico do pai, fez Mary desenvolver uma compreensão errada da paternidade de Deus, baseada no desempenho. “Eu faço coisas boas, recebo bênçãos. Eu faço coisas ruins, Deus dá as costas para mim”, acreditava a jovem.

Se formando no Ensino Médio, Mary ansiava pela faculdade como um novo recomeço em sua vida, deixando para trás sua luta contra a bulimia, a doença que a acompanhou durante a escola.

Na faculdade, Mary se tornou uma estrela do futebol no time da Louisiana State University. Nessa época, ela se apegou com Deus, através da passagem bíblica de Mateus 11:28, levando a Jesus todo fardo pesado que sobrecarregava seu coração. 

Mas então, um episódio trágico atingiu a jovem cristã. Em 2009, seu pai cometeu suícidio com um tiro no coração, após seus negócios falirem. “Fui perfurada o mais fundo que você pode imaginar. Deixou um buraco no meu coração”, disse ela em vídeo da 100 Huntley. 

O relacionamento que Mary estava construindo com Deus desabou, quando a raiva, tristeza e culpa invadiram seus pensamentos. Em desespero, a filha em luto também quis morrer e pediu em oração: “Deus, se você é real, faça alguma coisa. Destrua minha vida”. 

Quase um ano depois, Deus respondeu sua oração. Mary voltava para casa de carro no Dia de Ação de Graças, de madrugada pela auto estrada, quando seu carro perdeu o controle, capotou e bateu numa árvore. 

“Não sabia que Deus responderia à minha oração tão literalmente. Meu veículo perdeu o controle, capotou três vezes e caiu de cabeça para baixo em um barranco à 1h30 da manhã. Ele destruiu minha vida, mas se revelou a mim nesses destroços”.

Felizmente, um paramédico aposentado da Marinha presenciou o acidente e foi socorrer a jovem. Ele a encontrou inconsciente pendurada de cabeça para baixo no cinto de segurança. Quando Mary, com o rosto todo ensanguentado, acordou ainda em seu jipe, o paramédico não acreditou no que viu e ouviu.

A jovem começou a sorrir e falar: “Deus é lindo, Deus é lindo”. Naquele momento, Mary foi fortemente ministrada pelo Senhor. Ele havia atendido sua oração, mostrando que existia e havia salvado a sua vida. 

“O Espírito Santo entrou poderosamente, transformou meu coração, revelou e baixou as profundezas do Evangelho para dentro de mim e destruiu minha perspectiva de tudo”, testemunhou ela.

O livramento deu origem ao livro “Wreck My Life” (“Destrua minha vida”, em português), onde Mary relata seu testemunho de como superou a perda do pai com a ajuda de Deus, através do acidente de carro. Hoje, Mary, com 32 anos, é casada e mãe de três filhos.

“Você não é definido por seu passado ou seus planos. Você só é definido pelas cicatrizes nas mãos de Cristo”, finalizou a cristã.

Fonte: Guiame

Postar um comentário

0 Comentários