‘Coloquei louvor para acalmar’, diz policial que levou noivos à igreja após carro quebrar

‘Coloquei louvor para acalmar’, diz policial que levou noivos à igreja após carro quebrar

A designer Marcia Regina Furtado de Araújo, de 51 anos, e seu noivo, o fotógrafo Luís Clever Mendonça de Araújo, 71, não imaginavam a saga que enfrentariam no trajeto para a igreja, onde se casariam no sábado (25).

Ela e o noivo seguiam numa antiga kombi para a Igreja da Lagoinha, em Piratininga, na Região Oceânica de Niterói. Foi quando o veículo quebrou. “Noivas se atrasam, mas já estava mais que atrasada. Achei que não fosse conseguir”, conta Marcia.

Ao tentar empurrar a kombi, o noivo chamou a atenção de policiais militares do Programa Segurança Presente, que ofereceram ajuda. Os agentes levaram os noivos para a Igreja na viatura policial.

“No caminho, coloquei uma música, um louvor, para tentar acalmá-los. Era uma situação muito inusitada. Fizemos fotos no carro e eles ainda nos convidaram pra cerimônia, mas estávamos de plantão”, conta o sargento Everaldo Mendonça.

Em entrevista ao Metrópoles, Marcia lembra que a maior dificuldade para empurrar a kombi era por ser um veículo antigo e adaptado. Dentro do automóvel tinha uma geladeira, placas de energia solar e cama. Por isso, o peso foi maior para os noivos empurrá-lo.

“A gente tinha tudo planejado. A kombi lavada no dia anterior. Saímos de casa, abastecemos num posto, onde também chamei a atenção pelo vestido. Voltamos para a estrada e, de repente, começou a estalar. Pensei: meu Deus, essa kombi velha não pode me deixar na mão agora. Já desesperada, sem ter como ajudar a empurrar, já que meu vestido era muito longo, com uma cauda imensa, só conseguia orar”, conta.

Fonte: Guiame

Postar um comentário

0 Comentários