Menino de 7 anos salva família em acidente de barco: “Pela graça de Deus estamos aqui”

Menino de 7 anos salva família em acidente de barco: “Pela graça de Deus estamos aqui”

Os familiares de Chase Poust, de 7 anos, dizem que não estariam vivos se não fosse pela coragem do menino. O garoto da Flórida (EUA) conseguiu salvar sua família durante um acidente de barco no rio St. Johns, em Jacksonville, na noite de sexta-feira (28).

Steven Poust, o pai de Chase, ancorou seu barco para que seus filhos, Chase, 7 de anos, e Abigail, 4 anos, pudessem pular no rio para nadar enquanto ele pescava. De repente, uma forte corrente pegou Abigal de surpresa.

Instintivamente, Chase pulou do barco para ir atrás de sua irmã, mas a correnteza o pegou também. Steven mergulhou na água para resgatar seus filhos, mas a correnteza estava muito forte.

“Eu disse a eles que os amava porque não tinha certeza do que iria acontecer”, disse Steven Poust, o pai de Chase, à emissora WJXT. “Eu tentei ficar com (Abigail) enquanto eu pude, com os dois, eu me cansei e ela se afastou de mim.”

O pai, preocupado, disse a Chase para nadar até a costa para pedir ajuda. Abigail conseguiu boiar porque usava um colete salva-vidas. O menino não usava o equipamento, mas continuou nadando até a costa.

Embora se cansasse, Chase nadou e flutuou de costas por mais de uma hora, até que finalmente conseguiu chegar à costa e pedir ajuda a moradores da região.

Funcionários da Florida Fish and Wildlife, órgão do governo que regula pescaria no estado, conseguiram resgatar Steven Poust e Abigail, junto com alguma ajuda do Corpo de Bombeiros de Jacksonville e policiais locais.

“Estamos aqui. Pela graça de Deus, estamos aqui”, disse Steven Poust.

A lei da Flórida não exige que Chase ou seu pai usem colete salva-vidas. Os coletes salva-vidas são necessários para crianças de até 6 anos e para barcos com menos de 7 metros.

Fonte: Guiame

Postar um comentário

0 Comentários