Jovens brasileiros evangelizam e oram por cura de italianos nas ruas de Roma

Jovens brasileiros evangelizam e oram por cura de italianos nas ruas de Roma

Um grupo formado por evangelistas brasileiros e italianos saíram pelas ruas de Roma, na Itália, para pregar o Evangelho e fazer orações por cura. A jornada foi publicada na quarta-feira (6) no canal de Luca Martini no YouTube.

A missão dos jovens evangelistas começou no Coliseu, um dos principais pontos turísticos do mundo, marcado também pelo local onde cristãos eram lançados aos leões pelos romanos.

“O mínimo que poderíamos fazer era pregar na frente do Coliseu em memória dos nossos irmãos e para que Jesus Cristo volte logo”, disse Luca, que levou a mensagem em inglês com tradução para o italiano, a fim de um alcance maior.

Em seguida, eles andaram pela cidade em busca de “muletas” — pessoas que precisassem de oração por cura. A primeira pessoa encontrada por eles foi um idoso que estava de muletas, mandou os mandou ir embora. 

“O que aconteceu agora pode acontecer muito, quando te jogam para fora como um cachorro quando você vai falar de Jesus”, comenta Luca. “Não pense que ficamos tristes porque o cara tratou a gente mal, não. Estamos prontos para isso. O que me deixa triste é quando as pessoas não querem ouvir”.

No início da noite, o grupo foi à região do Vaticano, onde encontraram um homem italiano debochando do símbolo católico. “A origem do mal do mundo inteiro está ali. Ali está o câncer da humanidade”, disse o homem. 

Questionado se acreditava em Deus, porque usava uma cruz, o italinao respondeu: “Não, eu a levo para derrotá-la”. 

Antes de ir embora, Luca descobriu que seu amigo, também italiano, sentia uma dor na perna e na coluna e sugeriu orar por ele. Depois de receber a oração, o homem se abaixou para fazer um teste e afirmou que as dores sumiram completamente.

“Não sinto mais nada. Eu estava meio torto, agora estou direito”, disse o homem. “Jesus te curou! Jesus vive!”, celebrou Luca. “Jesus não está dentro de templos, Jesus está no coração da humanidade”.

Mais tarde, os evangelistas viram ainda um jovem casal caminhando pelas ruas, sendo que a mulher estava mancando. Luca pediu para orar por ela, mas os dois riram e disseram que não. 

“O mais difícil não é quando a cura não acontece, o mais difícil é quando você percebe como é difícil para as pessoas acreditarem que Jesus as ama e quer curá-las”, comentou o evangelista brasileiro. “Estamos na cidade do cristianismo e é tão difícil para as pessoas acreditarem nessa verdade”.

O dia finalmente terminou com um homem italiano que aceitou a oração dos jovens e entregou sua vida a Jesus, em um estacionamento da cidade. “Vou falar o que mais para você? Cristo vive!”, concluiu Luca.

Fonte: Guiame

Postar um comentário

0 Comentários