Surdos são curados após oração em pequena igreja dos EUA: “A presença de Deus era forte”

Surdos são curados após oração em pequena igreja dos EUA: “A presença de Deus era forte”

Em uma pequena igreja de 75 membros em Kentucky, nos Estados Unidos, um típico culto de domingo foi palco de um milagre. Três pessoas surdas voltaram a ouvir pela primeira vez em anos, através da oração de cristãos cheios de fé.

No domingo, 18 de outubro, Paula Patterson, Kayla Medlin e Terry Malloy tiveram suas vidas transformadas após um culto na LifeChurch, na cidade de Middlesboro.

Paula, de 63 anos, era surda do ouvido direito desde os 7 anos de idade. Kayla, de 25 anos, tinha uma condição hereditária que reduziu progressivamente sua capacidade de ouvir com o ouvido direito. Terry, de 68 anos, tinha um zumbido nos ouvidos por mais de 20 anos, que o impedia de ouvir com clareza. 

Algumas semanas atrás, a igreja realizou uma semana de jejum e oração pelos perdidos, pela cidade e pela nação, mas não havia nada especial preparado para 18 de outubro. Foi um típico culto da manhã de domingo, onde pastor Paul Long pregou sobre fé genuína.

Depois da mensagem, houve um momento de oração e Paula foi a primeira a ir até o altar. Ela ficou surda ainda na infância, quando esteve próxima a uma explosão na mina de carvão onde seu pai trabalhava.

“Quando não vi ninguém indo receber oração por cura, eu decidi que iria. Eu nem pensei na surdez do meu ouvido direito, pois eu já orei por ela tantas vezes e nunca tive nenhum resultado. Eu achei que fosse conviver com isso pelo resto da vida”, disse Paula à AG News.

Uma intercessora colocou as mãos sobre os ouvidos de Paula e começou a orar. “Tive uma sensação de calor percorrendo todo o meu corpo e então ouvi dois estalos”, relata Paula, emocionada. “E a próxima coisa que percebi foi que a música estava muito, muito alta. Foi quando eu percebi que eu também conseguia ouvir pelo outro ouvido!”

Com lágrimas nos olhos e as mãos no rosto, Paula gritou: “Eu posso ouvir, eu posso ouvir!”

Fé que gera fé

Enquanto a cura de Paula era proclamada do púlpito, o pastor Paul chamou Kayla, que é da equipe de adoração, para receber oração.

Kayla não teve uma reação positiva quando viu uma surda sendo curada na igreja. Ela carregava uma certa frustração por já ter orado por isso muitas vezes. Mas quando foi chamada pelo pastor, ela não teve outra escolha. “Cada passo que eu dava ficava mais difícil de andar”, ela lembra. 

“Não tinha nada me segurando, mas a presença de Deus era tão forte, com todos orando, era como se o ar estivesse denso. Nunca experimentei algo tão tangível, onde você pudesse sentir que, sem dúvida, algo de Deus está acontecendo”, disse Kayla.

Kayla relatou o momento em que recebe oração: “Comecei a tremer e meu ouvido pareceu aquecer, então comecei a ouvir um estalo no meu ouvido direito, como se algo estivesse se soltando. Quando eu senti isso, eu sabia o que estava acontecendo”.

Jeremy, o marido dela, desceu da cabine de mídia para orar com o grupo por Kayla, mas a cura aconteceu antes que ele pudesse chegar. “Nós apenas nos abraçamos e choramos porque isso tinha sido um obstáculo na minha vida por muito tempo”, ela conta.

Após as curas de Paula e Kayla, Terry também venceu a resistência e pediu oração a um dos intercessores. “Ele começou a orar por mim — a presença de Deus era tão real — e cobriu meus ouvidos com as mãos”, lembra Terry. “Assim que ele fez isso, foi como se eu colocasse um fone de ouvido e pudesse ouvir. Eu conseguia ouvir tudo! O zumbido em meus ouvidos havia parado; o Senhor me tocou!”

As curas também não foram um alívio momentâneo. “Falei com todos os três esta semana e todas as três curas permanecem”, disse o pastor Paul.

“Tenho 51 anos e trabalho no ministério há muitos anos, mas nunca testemunhei pessoalmente nada parecido com isso”, conta Paul. “O fator surpresa simplesmente me impressionou. Foi indescritível. Ainda estou tendo dificuldade em expor com clareza o que vi”.

Fonte: Guiame

Postar um comentário

0 Comentários