Pastor Antônio Júnior cria rede de orações online com mais de 500 mil fiéis por dia

Pastor Antônio Júnior cria rede de orações online com mais de 500 mil fiéis por dia

Em tempos de isolamento social, pandemia e crise econômica, os pedidos de ajuda têm se voltado para o lado espiritual. Canais de oração e discussões bíblicas têm feito sucesso não apenas entre fiéis, mas também para quem busca algum tipo de conforto. Esse crescimento é sentido pelo Pastor Antônio Júnior, que reúne 2,5 milhões de seguidores no Facebook e mais de um milhão no Instagram, além do Youtube: é o pastor com maior canal cristão do mundo no YouTube, com mais de 5 milhões de inscritos.

De acordo com Antônio Júnior, o aumento é evidente. Só os vídeos do Youtube mais do que dobraram o número de visualizações, "quando comecei eram cerca de 100 mil visualizações por vídeo, hoje são cerca de 250 mil para cada um", fato que ele agradece a Deus. Ele explica que tem formado uma corrente de oração online com uma média de 500 mil visualizações por dia, já que ele posta todos os dias um vídeo às 6h da manhã e outro às 20h, "estão chegando pessoas que não são cristãs, mas que estão gostando de ouvir a Palavra de Deus e participar das orações".

Os pedidos de ajuda e de aconselhamento também subiram: de uma média de 100 mensagens diárias pulou para 300 só no Instagram, sem contar os diversos comentários nos vídeos. O pastor se redobra para atender a todos: "fica impossível responder tudo, tenho que fazer orações por todos, pedindo que Deus resolva os problemas de cada um".

Apesar de ser evangélico, ele afirma que 30% de seu público é composto por católicos. O líder religioso explica que o diferencial é seu envolvimento profundo com a Bíblia, já que não divulga apenas mensagens alegres, ele também toca em assuntos delicados e que podem ser difíceis.

"Procuro trazer mensagens de motivação e esperança, assim como mensagens duras para alertar quem precisa mudar de vida", explica. Outra preocupação é não julgar outras religiões ou criar polêmicas, o que, segundo ele, tem atraído pessoas de diversas crenças, "uma tia minha, que é espírita, me contou que estava em casa muito triste, pois ela tem depressão, até que chegou a notificação no celular dela sobre a oração do dia e ela chorou, sentiu uma paz, disse que se sentiu tocada por Deus,porque oração é oração", revela. Para ele, independente da fé, a oração pode ser revigorante, principalmente para quem enfrenta momentos difíceis.

Fonte: Diáriodolitoral.com.br

Postar um comentário

0 Comentários