Em carta, iraniano preso por se tornar cristão agradece por orações e apoio da igreja

Em carta, iraniano preso por se tornar cristão agradece por orações e apoio da igreja

Nasser Navard Gol-Tapeh, que foi condenado a 10 anos de prisão no Irã em janeiro de 2018, compartilhou recentemente sua carta agradecendo aos cristãos que estão orando por ele.

O cristão de 58 anos que foi convertido do Islã foi preso em julho de 2017 pela polícia, realizando uma operação secreta na reunião da igreja em Teerã e foi condenado pelo crime de participar de uma "reunião ilegal" que "ameaça a segurança do Irã".

Nasser é um dos 11 cristãos que restam na prisão Even, conhecida como "fábrica de tortura" do Irã, de acordo com a Portas Abertas.

Desde que sua sentença começou, Nasser escreveu várias cartas da cela da prisão, sempre citando a carta de Paulo dando graças.

Em sua carta mais recente, Nasser cumprimentou seus apoiadores de oração com 1 Tessalonicenses 2:20 e disse que, com um coração cheio de amor, carinho e gratidão, anseia a companhia dos irmãos “por trás dos altos e farpados muros da Prisão do Mal”.

"Que sorte eu ter vocês ao meu lado", disse Nasser em sua recente mensagem. "Agradeço a Deus pelo apoio que vocês me dão, em todos os meus problemas na prisão, por vocês compartilharem as minhas cargas, dando-me força, e me encorajando continuamente", escreveu.

“Certamente, eu não conseguia andar sozinho; o Senhor me carrega com Ele, com o calor do seu amor através das dificuldades desta masmorra", acrescentou.

Segundo a Portas Abertas, o pedido de um novo julgamento de Nasser foi finalmente aceito em fevereiro de 2020, mas as autoridades prisionais continuam a recusar sua saída temporária, bem como de outros sete cristãos, incluindo três outros cujos casos estão sendo analisados.

Como o surto de coronavírus que levou o Irã a libertar mais de 80.000 prisioneiros, incluindo cristãos, foi pedida a libertação de todos os prisioneiros, especialmente os de grupo risco, como é o caso de Nasser.

Nasser sofre com vários problemas de saúde, o que preocupa sua família, pois já foram relatados mortes por coronavírus em várias prisões iranianas.

A Portas Abertas pediu oração em favor de Nasser, “por sua cura física, emocional e espiritual, e que ele esteja em paz e na força de Deus”. A organização cristã diz que “sua libertação final é um importante tópico de oração”.

Abaixo a íntegra da carta de Nasser, que foi compartilhada através da Portas Abertas:

"Em nome do Senhor,

‘De fato, você é a nossa glória e a nossa alegria’ (1 Ts 2:20).

A todos os queridos irmãos e irmãs, que me são concedidos pelo amor e pela graça de Deus.

Com saudações, enquanto anseio por sua presença por trás dos muros altos e farpados da prisão de Evin Ter e valorizo as memórias do passado, com um coração cheio de amor, carinho e gratidão. Escrevo a vocês o que permeia do meu coração.

Recordo-me de nossas reuniões piedosas com a mente, o coração, e canções para glorificar ao Senhor em nossa alma e coração.

Eu estou entre vocês. Paredes e espaço não me afastam, mesmo que eu sinta tristeza; vocês estão sempre em minhas orações e [estamos] unidos em amor.

Agradeço a Deus pelo apoio com que vocês cobriram a minha vida, por todos os meus problemas na prisão os quais vocês ajudaram a compartilhar meus fardos, me dando força e me encorajando continuamente. Que sorte eu tenho de ter vocês ao meu lado.

Certamente, eu não conseguiria andar sozinho; o Senhor me carrega nos pés dele com o calor do seu amor através das dificuldades desta masmorra.

A principal mensagem que ouvi foi ‘amar um ao outro’. Que o amor e os cuidados do Senhor estejam com vocês e os protejam.

‘Quem então pode nos separar do amor de Cristo? Problemas, dificuldades ou perseguição, fome ou nudez, perigo ou morte?’ Romanos 8:35

Com todo o meu amor e carinho,

Nasser Navard”

Fonte: Guia-Me

Postar um comentário

0 Comentários